Um estudo publicado por pesquisadores japoneses concluiu que passar muitas horas todos os dias na frente da TV pode aumentar significativamente as chances de uma pessoa desenvolver embolia pulmonar. Como essa enfermidade é difícil de diagnosticar, muitas pessoas acabam morrendo sem saber o que acontece.

Embolia pulmonar nada mais é do que um coagulo de sangue nos pulmões. Existem algumas outras causas relacionadas ao sedentarismo que colaboram no desenvolvimento desse tipo de coisa, mas esses coágulos basicamente se formam quando seu corpo tem muita “capacidade ociosa” para realizar atividades.

Os sintomas incluem falta de ar, dores no peito e tosse

Com isso, eles se formam geralmente nas pernas da pessoa e, quando atingem os pulmões, podem entupir as aterias desses órgãos. Os sintomas incluem falta de ar, dores no peito e tosse. Mas como essas características também são observadas em várias outras enfermidades, diagnósticos errados muitas vezes podem piorar a situação do paciente. Felizmente, o tratamento é relativamente simples e surte efeito em poucos dias ou no máximo em algumas semanas.

Como isso tem a ver com TV?

Ficar sentado muitas horas continuamente na frente de uma televisão, seja assistindo a séries na Netflix ou jogando videogame, ajuda a facilitar a criação dos famigerados coágulos nas pernas. Claro que isso não acontece da noite para o dia, mas sim durante um processo que pode levar anos.

O doutor Hiroyasu Iso, professor da Faculdade de Medicina de Osaka e um dos autores do estudo em questão, explicou em uma nota que as pessoas que assistem de 2,5 a 4,9 horas de TV por dia têm 70% mais chances de desenvolver embolia pulmonar do que as que passam 2,5 horas ou menos na frente da telinha.

Para cada duas horas de TV seguidas adicionais, as chances aumentam em mais 40%

Depois disso, para cada duas horas de TV seguidas adicionais, as chances aumentam em mais 40%. A descoberta foi feita por Iso e sua equipe ao estudarem uma população de homens e mulheres japoneses de 86 mil indivíduos entre 1988 e 2009. Entre eles, 59 morreram de embolia pulmonar que não foi diagnosticada nem tratada.

Obviamente, o estudou considerou outros fatores, como obesidade, nessa conta, mas ficou claro que passar muitas horas sentado com o corpo completamente relaxado tinha a ver com alguns casos.

Para evitar que isso aconteça com você, Dr. Iso recomenda fazer pequenas pausas a cada uma hora — ou mais ou menos isso — para dar uma levantada, dar alguns passos pela casa e esticar os músculos das pernas. Você pretende fazer isso a partir de agora durante suas sessões de Netflix and chill?

Leia o estudo completo em inglês aqui.

Cupons de desconto TecMundo: