Se você está pensando em comprar um novo televisor, é bem provável que já se deparou com o termo upscaling em algum momento enquanto pesquisava modelos lançados recentemente no Brasil. Trata-se de um conceito razoavelmente novo e que promete ser bastante comum nos dispositivos que estão entrando agora no mercado. Mas, afinal, você sabe o que é essa tecnologia e para que ela serve?

Relaxa, o TecMundo te explica! Para entender o significado de tal palavra estrangeira, é necessário primeiramente lembrarmos que é cada vez mais normal ver aparelhos de TV que suportam a resolução 4K (também chamada de Ultra HD, sendo composta por 3840×2160 pixels). Porém, a oferta de filmes e vídeos produzidos nessa qualidade absurda ainda não é o suficiente para satisfazer o cliente que investe em um display compatível.

Sendo assim, as fabricantes começaram a inserir a tecnologia de upscaling, que nada mais é do que uma engine embutida no próprio televisor (ou, em alguns casos, no reprodutor de Blu-ray) capaz de aumentar artificialmente a resolução de arquivos Full HD (1920×1080 pixels) para o Ultra HD. Embora não faça milagres, essa solução é importantíssima para prover uma melhor experiência ao usuário.

O upscaling é essencial para rodar vídeos antigos em televisores novos

Não é bruxaria, é tecnologia

Embora a ideia de aumentar a quantidade de pixels com a qual um vídeo foi gravado pareça coisa do outro mundo, o upscaling funciona de uma forma muito simples. Na primeira parte do processo, o processador da TV utiliza uma técnica conhecida como interpolação, ordenando que os pixels não-ativos copiem aqueles que estão ativos, criando assim uma imagem “esticada”. É a mesma coisa que acontece quando você aplica zoom digital em uma câmera.

Em seguida, a engine de upscaling aplica efeitos especiais que suavizam o vídeo esticado, de forma que a imagem não fique borrada ou distorcida. Dessa forma, o televisor consegue, com sucesso, emular uma resolução 4K em um clipe de qualidade inferior. Novamente, vale observar que a tecnologia não faz milagres, mas se prova uma mão-na-roda enquanto o padrão UHD não é adotado de vez pelos produtores de conteúdo.

Você tem uma TV com upscaling para 4K? O recurso funciona bem? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: