O Procon-SP informou por meio de nota à imprensa que deve enviar à Anatel e ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) um pedido de esclarecimentos sobre a possibilidade de a operadora TIM ser fatiada entre Vivo, Claro e Oi. O objetivo desse pedido é saber como ficaria a situação dos clientes da operadora italiana frente a esse negócio, o que até agora é um verdadeiro mistério.

Como o negócio que resultaria no fatiamento da companhia entre as suas principais concorrentes ainda não está fechado, não há qualquer definição desse tipo de detalhe até o momento. O mais provável é que toda a base de clientes da TIM seja migrada para uma concorrente diferente em cada estado brasileiro. As três empresas, portanto, fariam acordos para ver quais estados ficam com qual operadora.

Isso, entretanto, pode ser bastante prejudicial aos clientes, uma vez que não há qualquer detalhe claro sobre a possível continuação dos planos oferecidos atualmente pela TIM a seus assinantes. “É importante destacar que os clientes são a parte mais afetada neste tipo de negócio. O Procon-SP ficará atento para garantir a prestação de serviços e também os direitos já adquiridos pelos consumidores”, afirma a nota oficial do órgão de proteção ao consumidor.

Motivos da divisão da TIM

Como você já deve saber, a TIM está para ver seu fim em breve por conta de um negócio feito na Europa em que a Telefónica adquiriu parte da Telecom Itália. A primeira é a dona da Vivo no Brasil, e a segunda controla a TIM por aqui. Com esse negócio, as duas maiores operadoras brasileiras fariam parte do mesmo conglomerado e, de acordo com a nossa lei, isso é proibido.

Por conta disso, a TIM, que é o negócio menos rentável e menor em base de clientes do grupo europeu no Brasil, precisa ser vendida. O problema é que, até o momento, nenhuma empresa que ainda não esteja envolvida no mercado de telecomunicações brasileiro mostrou interesse em comprar a TIM.

Dessa forma, o mais provável que é ela seja fatiada entre Vivo, Claro e Oi. A Oi, inclusive está tentando comprar sozinha a TIM, mas terá que se desfazer da Portugal Telecom, com a qual anunciou uma fusão malsucedida recentemente.

Cupons de desconto TecMundo: