Esta semana a Anatel divulgou os resultados das medições da banda larga referentes ao segundo trimestre de 2014. Este documento, que já é publicado há vários, tem como objetivo fiscalizar o cumprimento das metas de qualidade impostas pela agência e traz dados sobre internet fixa e móvel em quase todos os Estados e no Distrito Federal.

A formato do relatório é único, ele se divide nos três meses de análise, além de uma separação por cada Estado participante dos testes. O Amapá ficou de fora pela escassez de dados e voluntários.

Todas as análises mostram os resultados das medições móvel e fixa junto com as metas, assim é possível notar em quais quesitos as operadoras vão bem e em quais elas não entregam o combinado. No final de cada documento consta a velocidade média das conexões na banda larga fixa.

Como eles medem a banda larga?

Para a medição da banda larga fixa (SCM) são adotados os seguintes princípios:

1. Usuários das prestadoras devem se candidatar ao programa de voluntariado se inscrevendo no site www.brasilbandalarga.com.br

2. A EAQ faz o sorteio por prestadora em todo Brasil, selecionando voluntários por plano contratado (planos até 2Mbps e planos acima de 2Mbps)

3. A EAQ envia o medidor para o voluntário selecionado

4. O voluntário instala o medidor em sua banda larga e inicia o processo de medição

Alguns resultados

O Estado do Rio de Janeiro teve a Claro como melhor operadora de Internet móvel, seguida pela Nextel. Em último lugar ficou a TIM, com serviços consideravelmente abaixo do que eles prometiam. São Paulo apresentou resultados muito semelhantes, com a diferença de que a ALGAR aparece no meio do ranking, igualmente liderado pela Claro.

No campo das bandas largas residenciais, no Rio de Janeiro, a GVT era a que possuía maior velocidade em junho, entregando uma média em torno de 19.36 Mbps, seguida pela Net (15.46 Mbps) e pela Oi (8.01 Mbps). Já no Estado de São Paulo a GVT manteve a sua predominância, com 17.31 Mbps; seguida de perto pela Net.

Para acessar os relatórios completos entrem nos seguintes links: abril, maio e junho.

Cupons de desconto TecMundo: