Buscando fortalecer a liderança no mercado de telecomunicações móveis, a empresa Telefônica está tentando comprar a unidade brasileira da Vivendi, que você deve conhecer muito bem sob o nome de GVT. Segundo o site InfoMoney, a proposta enviada pela Telefônica é de R$ 20,1 bilhões — sendo que R$ 11,96 bilhões seriam pagos em dinheiro e o restante seria em 12% das ações da Telefônica Brasil.

Segundo a mesma publicação, a Vivendi informou que não está vendendo nenhuma de suas unidades espalhadas ao redor do mundo — o que inclui a GVT aqui no Brasil —, mas que vai considerar a proposta em uma próxima reunião do Conselho. Caso a transação seja concretizada em um futuro próximo, a Telefônica pode se tornar uma das maiores responsáveis pelas telecomunicações no Brasil.

Atualmente, a empresa já é líder no mercado de redes móveis — segundo o Teleco, a Vivo (subsidiária brasileira da Telefônica) é a principal operadora de telefonia celular do país, quase 2% à frente da segunda colocada TIM. No mercado de telefonia fixa, a GVT possui apenas 9,4% do mercado, mas, somada à própria Vivo Fixo, poderia chegar aos 32,9% — pouco mais de 5% atrás da líder Oi.

Cupons de desconto TecMundo: