Preços caindo e tempo de uso aumentando (Fonte da imagem: Reprodução/Telebrasil)

A telefonia móvel está ficando mais barata no Brasil. Isso, pelo menos, é o que aponta o novo estudo da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). Segundo o levantamento, o preço médio do minuto de celular no Brasil caiu 18% em 2012.

Traduzido em reais, o resultado mostra um impacto grande. A associação aponta que em 2011 o preço médio do minuto já com impostos ficava em torno dos 21 centavos. Um ano depois, em dezembro de 2012, a média caiu R$ 0,04, ficando assim em 17 centavos. Levando-se em conta as quedas de preços dos últimos cinco anos, é possível chegar a 56% de diminuição nas tarifas.

Em uma nota oficial em seu site, a Telebrasil destaca que “a forte competição, aliada aos ganhos de escala, tem sido fator importante para impulsionar a queda dos preços. De acordo com o Índice de Herfindahl-Hirschman (IHH), que avalia o grau de concentração de um segmento, o mercado brasileiro de telefonia móvel é um dos mais competitivos do mundo”.

Mais clientes e mais tempo de uso

O crescimento da base de clientes das operadoras tem sido um ponto fundamental para que a concorrência faça com que os preços caiam. Atualmente, o Brasil conta com 262 milhões de clientes cadastrados em sua base de telefonia móvel.

O levantamento da Telebrasil também apontou que o tempo médio mensal de uso do celular por pessoa (em inglês, Minutes of Use ou MOU) cresceu 9%. Isso representa um aumento de 10 minutos, fazendo com que o total passe de 115 para 125 minutos por usuário. Nos últimos cinco anos esse aumento foi de 52%.

Internet móvel cresce a passos largos

A Associação Brasileira de Telecomunicações também destacou em seu levantamento o fato de que há um crescimento substancial na utilização dos planos de dados móveis – que já representam, em média, 22% do valor da conta de telefonia móvel dos brasileiros.

Galaxy S3 e Galaxy Note 2 ganharão atualização para Android 5.0(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A Cisco acredita que essa porcentagem ainda deve crescer muito. Segundo algumas projeções da empresa, o volume de dados enviado e recebido por cada usuário na rede móvel vai crescer 60% ao ano até 2017. 

Por fim, a Telebrasil diz que esse crescimento é importante para o desenvolvimento do país – e que ele deve continuar. Segundo eles, “a telefonia móvel e especialmente a banda larga pelo celular já se revelaram como meio essencial para a inclusão digital e social da população”. 

Cupons de desconto TecMundo: