Ao que parece, o serviço de telecomunicações do Brasil pode passar por algumas mudanças em breve. De acordo com a Reuters, a Telecom Itália — responsável pelas operações da TIM em nosso país — está considerando a compra da GVT, outra grande operadora que atua por aqui.

As discussões sobre a aquisição se originaram na Itália após a francesa Vivendi anunciar que pretende vender a GVT. Segundo a imprensa local, o valor da transação seria de 7 bilhões de euros — cerca de R$ 18,3 bilhões na cotação atual —, o qual estaria sendo discutido entre várias empresas interessadas.

No entanto, a TIM não é a única interessada em fazer essa compra bilionária. Além dela, outras três companhias podem estar participando da briga, o que significa que teremos mais algum tempo até que tudo seja definido. Segundo fontes da Reuters, o prazo para as análises iniciais é até o final de dezembro.

O presidente executivo da empresa, Marco Patuano, confirmou as intenções de aquisição, mas deixou claro que se trata apenas de um momento de estudos e nada definitivo. Segundo ele, a TIM já é a segunda maior operadora de telefonia móvel do Brasil e a GVT lidera o segmento fixo. Desse modo, sua venda pela Vivendi não é algo que possa ser ignorado. Porém, ele aponta que essa não é a única proposta que os executivos da marca estão analisando e que há outras negociações em andamento correndo em paralelo.

Cupons de desconto TecMundo: