(Fonte da imagem: Reprodução/Folha de S. Paulo)

A Anatel divulgou na última quinta-feira (25) o cronograma oficial que os estados do Brasil deverão seguir para adicionar um nono dígito aos números de celulares utilizados no país. A mudança, que já foi aplicada à cidade de São Paulo, deve afetar todo o território brasileiro até o final de 2016.

O objetivo do nono dígito é aumentar o número de linhas disponíveis no país, evitando que o crescimento do mercado de dispositivos móveis passe por problemas. Confira a lista completa das datas-limites estipuladas pelo órgão regulador:

  • Dezembro de 2013 — interior do estado de São Paulo;
  • Dezembro de 2014 — Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Rio de Janeiro e Roraima;
  • Dezembro de 2015 — Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte;
  • Dezembro de 2016 — Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

A principal justificativa da Anatel para a mudança é o fato de que ela ter sido aplicada aos usuários de DDD 11 causou uma “situação de despadronização”. Com isso, criou-se uma situação que prejudicava a compreensão dos consumidores, que poderia ter como consequência o encaminhamento de chamadas para destinos indesejados.

Fonte: Folha de S. Paulo

Cupons de desconto TecMundo: