Pouco a pouco, o 3G vai sendo deixado para trás e, assim, dá lugar definitivo ao 4G, cenário que tem crescido no Brasil e no mundo. Os últimos dados divulgados pela Anatel dão conta de que o setor tem ganho prioridade máxima das operadoras e, consequentemente, se expande em escala nacional. Outro reflexo disso são os planos pós-pagos, os quais, nesse contexto, estão sendo a escolha número 1 do consumidor.

Os números impressionam: foram desativados 4,2 milhões de acessos em novembro de 2015 em relação ao mês de outubro do mesmo ano (273,79 milhões), todos no segmento pré-pago. De acordo com os números levantados pela Anatel na última terça-feira, 12, o Brasil registrou 269,59 milhões de linhas ativas na telefonia móvel e teledensidade de 131,5 acessos por 100 habitantes.

Operadoras priorizam planos pós-pagos

O mês de novembro, quando comparado ao período registrado no final da primeira metade de 2015, destaca uma desativação em massa: 14,5 milhões de acessos. Maio foi o mês com melhor desempenho em 2015, com 284,12 milhões de acessos ativos. Em novembro, os acessos pré-pagos totalizavam 196,61 milhões, fatia que representa 72,93% do total, ao passo que os pós-pagos tinham 72,98 milhões, ou 27,07% do bolo. Proporcionalmente, houve um impulso maior no pós-pago do que no pré-pago.

Parte disso se explica pelos esforços que as operadoras estão aplicando para trazer cada vez mais clientes à base do perfil pós-pago. A TIM, por exemplo, liderou o número de desativações de pré-pagos em 2,6 milhões. Em segundo lugar aparece a Claro, que registrou 1,67 milhão de desligamentos. A Vivo, que nunca deu muita bola para a divulgação de suas estratégias nos pré-pagos, está com um total de 79,491,101 milhões de acessos ativos.

A operadora, aliás, desponta na liderança do market share da Anatel, com 29,49% do mercado mobile brasileiro. Tim, Claro e Oi, nessa ordem, trazem números que também registraram crescimento: 25,7%, 24,99% e 18,25%, respectivamente.

4G bombando

O 3G e o 2G seguem em queda livre para dar lugar ao 4G, que está cada vez mais presente na rotina dos brasileiros.

A tecnologia registrou um aumento expressivo de outubro a novembro de 2015: 2,13 milhões de novos acessos foram catalogados, o que representa uma marca de 22.582.691 milhões de acessos. Para que se tenha ideia, o panorama em outubro era de 20.446.594 milhões conectados no 4G. Em um só mês, portanto, houve um aumento de 2 milhões de acessos com a tecnologia.

Como você avalia a qualidade do 4G e dos planos pós-pagos no Brasil? Discuta no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: