A companhia indiana de telecomunicações Tata Communications anunciou um investimento para comprar parte "significativa" da capacidade do cabo submarino Seabras-1, uma infovia de fibra óptica planejada para ligar o Brasil com os Estados Unidos.

O Seabras-1 é o primeiro cabo submarino expresso entre São Paulo e as principais cidades dos Estados Unidos, como Nova York e Miami, com passagem também por Fortaleza (CE). A rede tem capacidade para 32 terabps, suficiente para suportar 320 mil conexões de 100 megabps, por exemplo.

"A América Latina é uma região emergente e um mercado em crescimento no cenário mundial, e nosso investimento na Seabras-1 é parte de nosso plano para melhorar nossas ofertas na região", afirmou Genius Wong, vice-presidente sênior da Global Network Services, da Tata.

Quando concluído, a rede Brasil-EUA vai se juntar à maior estrutura de cabos submarinos de fibra óptica do mundo. De acordo com a companhia, mais 24% de todo o tráfego mundial passam pela rede da Tata, que está presente nos cinco continentes.

O seabras-1 está sendo desenvolvido pela Seaborn Networks a um custo aproximado de US$ 500 milhões e tem previsão de entrega no quarto trimestre de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: