(Fonte da imagem: Reprodução/TechCrunch)

Em 2013, nada menos que 275 milhões de aparelhos compatíveis com a tecnologia LTE 4G devem ser vendidos — número três vezes superior àquele registrado em 2012. A estimativa é da consultoria Strategy Analytics, que atribui a empresas como a Apple, Samsung e LG o grande crescimento dessa fatia do mercado móvel.

A expectativa da empresa é que até 2017 seja alcançada a marca de 1 bilhão de aparelhos compatíveis com a rede. O crescimento deve se concentrar em locais que já dispõe de estruturas 4G bem estabelecidas, como o Reino Unido, Japão, China, Estados Unidos e Coreia do Sul. A implementação da tecnologia serve como um incentivo para operadoras e fabricantes de gadgets, além de aumentar as atividades de fabricantes de componentes e produtores de conteúdos móveis.

Redução de preços

A maior disponibilidade do LTE também deve se refletir em preços mais acessíveis para os consumidores. “A corrida é para que as operadoras reduzam o custo por GB para coincidir com a velocidade com que a receita por GB está caindo”, afirma a diretora da Strategy Analytics, Sue Rudd.

“A (tecnologia) LTE é uma das ferramentas-chave para providenciar essa melhoria, e o volume inicial de dispositivos do tipo é um sinal encorajador para as operadoras que desejam maximizar seu retorno nos investimentos na tecnologia”, complementa. Resta esperar que o crescimento dessa fatia de mercado tenha reflexos na disponibilidade do recurso, atualmente restrito somente a aparelhos de alto custo.

Cupons de desconto TecMundo: