Uma companhia terceirizada que presta serviços para a Comcast removeu seus cabos durante o processo de expansão dos serviços da empresa

O que deveria ser uma concorrência saudável entre empresas nos Estados Unidos terminou nos tribunais por um motivo bastante curioso: a Comcast, gigante das telecomunicações, está sendo acusada de ter desenterrado e destruído os cabos subterrâneos de uma pequena empresa do mesmo ramo que atuava no Texas. A “sabotagem” teria causado a falência da companhia que decidiu processar sua concorrente.

Segundo Anthony Luna, dono da empresa chamada Telecom, que veio a falir por não conseguir mais prestar os serviços adequadamente, uma companhia terceirizada que presta serviços para a Comcast removeu seus cabos, que estavam enterrados e devidamente identificados, durante o processo de expansão dos serviços da empresa maior pela região.

A expansão da Comcast não parece estar sendo muito tranquila

Concorrência desleal

As acusações pioram quando Luna conta que negou um pedido de compra feito pela Comcast e que isso teria feito com que a empresa começasse a destruir a infraestrutura da Telecom. Luna perdeu seus 230 clientes e foi obrigado a se mudar com sua família em busca de outra maneira de ganhar dinheiro.

O texto do processo afirma: “A Telecom tentou se recuperar desta campanha de destruição e usou mais de 1,2 quilômetros de cabos para reparar o que os réus destruíram, mas não havia como obter o cabo de reposição e reinstalar todo o sistema a tempo de manter sua base de clientes. Como a Comcast sabe bem, a televisão à cabo e os clientes de internet não esperarão indefinidamente a retomada do serviço”.

Cupons de desconto TecMundo: