(Fonte da imagem: Reprodução/Slashgear)

O Tegra 3 ainda é considerado um produto de elite, mas já está prestes a ser substituído. Porém, em vez de uma geração totalmente nova de processadores, a NVIDIA revelou esta semana uma versão modernizada de seu chip mais recente: o Tegra 3+ (ou T3+).

As diferenças técnicas ainda não foram confirmadas oficialmente, mas o desempenho dessa atualização deve ser levemente superior ao do modelo atual. Além disso, o codinome volta a brincar com os super-heróis: enquanto o Tegra 3 foi chamado inicialmente de Kal-El, relativo ao Super-Homem, o T3+ é Wayne, menção à identidade secreta do Batman.

O novo chip ainda tem uma versão alternativa, de codinome Grey (será que tem algo a ver com o Dick Grayson, o segundo Robin?), que será exclusivo para aparelhos que trabalham com a tecnologia de conectividade LTE – no caso, os fornecidos em conjunto com a Icera, empresa de modem que pertence à NVIDIA.

De acordo com o Slashgear, outra ideia apresentada pela NVIDIA foi a intenção de trabalhar com plataformas Linux, Windows Phone e Android, mas nada concreto foi divulgado sobre o tema. A apresentação, realizada em uma conferência da HTC, até já antecipou a data de lançamento dos processadores, que podem sair no final de 2012.

Cupons de desconto TecMundo: