Entre os dias 11 e 15 de dezembro ocorre em Goiânia o Let’s GO, evento de tecnologia e inovação digital.

O encontro tem como objetivo a discussão da gestão pública no contexto digital de hoje, e traz vários palestrantes para explanar sobre assuntos como redes sociais, inteligência de dados, projetos digitais voltados à sociedade e à transparência do governo, gestão e inovação tecnológica. Acesse o site do Let’s GO aqui para conferir a programação completa. 

Organizado pelo Governo de Goiás através da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), o evento conta com convidados de peso, como Marcelo Tas da GNT, Ronaldo Lemos, jornalista da GloboNews, Daniel Mangabeira, diretor de políticas públicas do Uber, Rodrigo Fernandes, executivo de negócios da Microsoft e muito mais. A programação é gratuita e também traz à tona outros assuntos do momento, como os novos modelos de negócios digitais, bem exemplificado pelo app Uber, que tem causado bastante polêmica em muitas cidades brasileiras.

Em prol da sociedade 

De acordo com Thiago Peixoto, secretário de gestão e planejamento, o evento é um meio de atrair a atenção da população para exercer a cidadania. “O Governo de Goiás está convidando inovadores da sociedade civil para uma oportunidade de empreender e exercer a cidadania ativa em benefício de todos. Nesse sentido, esperamos que essa hackatona nos apresente novas e boas ferramentas”, diz.

Equipes da hackatona trabalhando em seus projetos antes da apresentação final.

Além dos painéis, o Let’s GO também oferece uma hackatona nos três primeiros dias. As hackatonas são caracterizadas por reunir grupos de programadores, designers e outros profissionais para desenvolverem em um prazo reduzido softwares que atendam a um fim específico. No caso do Let’s GO, o objetivo é criar soluções que visem o aumento da transparência na divulgação de dados públicos e auxiliem os cidadãos por meio de tecnologias digitais.

Os produtos desenvolvidos na hackatona serão avaliados e, se aprovados, serão utilizados pelo Governo de Goiás. Um júri composto por profissionais da área e empreendedores julgará o desempenho dos projetos apresentados, decidindo quais deles receberão prêmios para o desenvolvimento de suas propostas no mercado. O 1º lugar ganha seis meses de incubação e bolsas para o Empretec – o 2º e 3º também ganham seis meses de incubação, porém sem as bolsas.

Fique ligado no TecMundo para mais notícias sobre o Let’s GO.

Cupons de desconto TecMundo: