Quem é fã dos longas da Marvel deve se lembrar da cena do filme "Vingadores: Era de Ultron" em que todos os heróis do grupo se revezam tentando erguer Mjölnir, o martelo de Thor, sem sucesso. De acordo com os quadrinhos, a arma é encantada, e somente aqueles que forem dignos serão capazes de empunhá-la.

Um inventor americano decidiu fazer sua própria versão do martelo, mas utilizando eletroímãs, um transformador eletromagnético, um sistema Arduino e um scanner de impressões digitais no lugar de magia e do metal Uru, que só existe em Asgard. Dessa forma, ele faz uma bela homenagem à já citada cena, em que o personagem Tony Stark especula que a trava do martelo funciona através de uma espécie de leitor biométrico.

Depois de fazer todos os ajustes necessários, o programador leva seu martelo para as ruas e desafia os passantes a se mostrarem dignos dos poderes do Deus do Trovão. O resultado é um monte de gente suando a camisa, mas sem conseguir vencer as leis da Física que regem o eletromagnetismo. Isto é, a menos que se use um pouco de astúcia.

"Vocês são todos indignos"

Que outras armas da ficção mereciam ganhar uma versão na vida real? Comente no Fórum do TecMundo