É inegável o quanto a tecnologia é capaz de mudar as nossas vidas. A internet, por exemplo, permite que possamos falar com pessoas do outro lado do mundo, enquanto novos aparelhos são capazes de criar mundo virtuais ou aumentar os horizontes da nossa própria realidade. Assim, era apenas questão de tempo até que esses avanços tecnológicos chegassem ao universo do sexo. Desenvolvido como um brinquedinho smart para ser usado debaixo dos lençóis, o Lovely quer fazer com que casais fiquem – literalmente – mais conectados.

Há tempos os dispositivos inteligentes estão tentando melhorar a qualidade de vida dos consumidores, com esses vestíveis assumindo a forma de óculos, pulseiras, relógios, tênis e outros produtos bem mais úteis que suas versões ordinárias. Monitorando suas atividades no dia a dia, eles podem incentivar mudanças de rotina e uma alimentação mais saudável, fazendo com que o usuário adote o estilo fitness e perca alguns quilos no processo. A ideia por trás do Lovely é parecida e deve dar um belo upgrade na sua vida sexual.

Com ambas as partes de acordo, por que não testar coisas novas, não é?

Feito quase que inteiramente de um tipo de silicone bem macio e elástico, o produto deve ser “vestido” pelo pênis e, basicamente, mede a performance do rapaz na hora do rala e rola – ao mesmo tempo que estimula o parceiro ou parceira. Uma série de sensores posicionados na parte superior do objeto detecta quando a atividade íntima tem início e monitora cada segundo da transa. Os dados coletados, então, são transferidos para seu smartphone ou tablet e exibidos em um aplicativo para Android e iOS.

Ok, mas de que tipo de dados estamos falando? Um pouco de tudo. Quer convencer a sua cara metade que é melhor “tirar o atraso” do que ir à academia naquela manhã fria? Sem problemas, já que um contador de calorias diz exatamente quantas foram queimadas durante a brincadeira. Além disso, é possível conferir a duração da relação, o número de movimentos feitos, a velocidade média do vai-e-vem e – por que não? – a força aplicada nas “estocadas”. É a oportunidade perfeita para os mais vaidosos conferirem sua potência na cama.

Um projeto prazeroso

Conforme seu progresso for sendo registrado no aplicativo, o software começa a sugerir coisas para apimentar o tempo investido entre quatro paredes, seja detectando que o casal está junto em casa e que está “rolando um clima” ou mesmo indicando novas posições baseadas no que a dupla costuma fazer rotineiramente. Quando os dois estiverem distantes um do outro, pode-se fazer o famoso “booty call”, uma chamada bem sugestiva para indicar que uma das partes está bastante afim de um contato mais íntimo assim que possível.

Ainda assim, utilizar o dispositivo não exige qualquer tipo de conhecimento técnico e, a não ser que o seu pênis tiver proporções titânicas, o Lovely deve cabe tranquilamente em moços de todos os tamanhos. Como bônus, ele age da mesma maneira que um anel peniano, um brinquedo sexual relativamente comum e popular que restringe a circulação de sangue no membro, permitindo que a duração do ato seja prolongada. De quebra, a parte superior do objeto conta com um sistema de vibração para maximizar o prazer da outra pessoa.

Fique tranquilo, ele cabe.

Mesmo sendo fácil enquadrá-lo no segmento de “feito sob medida para os safadinhos”, a verdadeira missão do aparelho parece ser proporcionar um estímulo extra para um momento íntimo e abrir as portas para que os casais conversem sobre sexo de uma forma mais sincera e saudável. Lovely ainda é um projeto no site Indiegogo e está buscando a ajuda de colaboradores para atingir a marca de US$ 95 mil – cerca de R$ 295 mil. Por enquanto, a peça já arrecadou por volta de US$ 36 mil, faltando 15 dias para o término da vaquinha virtual.

Se a empreitada for levada a frente, o produto deve começar a ser despachado em junho de 2016, custando cerca de US$ 300 em sua versão final – ou bem menos, caso você decida apoiar o projeto antes do seu término. E aí, se interessou pelo dispositivo? Acha um pouco embaraçoso ter toda sua intimidade avaliada por um aplicativo mobile? Tem medo que alguém pegue seu celular e confira sua performance sexual? Deixe sua opinião mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: