Se você já dirigiu um carro com sensores de proximidade, sabe que este recurso ajuda bastante quem quer estacionar o veículo sem correr o risco de bater, mesmo em vagas bem apertadas.

Modelos mais novos e luxuosos trazem, além do sensor, câmeras na parte de trás, fazendo com que os pontos cegos sejam praticamente eliminados.

Essa é uma tendência que promete ajudar cada vez mais os motoristas que querem um auxílio extra para evitar pequenos acidentes, e cada vez mais veículos contam com pelo menos um desses recursos. Câmeras que conseguem dizer qual é a distância dos carrros ao seu redor, sensores que avisam se existe algo atrás do seu carro que você não enxergou e até apps que usam o GPS para dizer se você está dirigindo bem.

Eliminando os pontos cegos

Não é preciso pensar muito sobre o assunto para perceber que o sistema de espelhos do seu carro não cobre todas as áreas ao seu redor, principalmente na parte de trás. Diversos pontos cegos existem, e é isso o que a tecnologia está tentando diminuir. Os sensores, por exemplo, conseguem fazer com que você perceba com mais exatidão se está perto demais de algum carro ou da parede na hora de estacionar.

Apesar de motoristas mais treinados conseguirem ter uma boa noção disso sem precisar de uma ajuda externa, é inegável que um alarme mostrando exatamente a quantos centímetros você está da parede é uma forma bem mais segura de estacionar. Já as câmeras aumentam o campo de visão do espelho e podem evitar acidentes fatais com crianças e animais, por exemplo.

Mesmo com todos os cuidados, uma quantidade alarmante de acidentes acontece por ano envolvendo crianças e animais que não foram vistos pelos motoristas na hora de tirar o carro do estacionamento. A verdade é que os espelhos dentro do carro são bastante eficazes para objetos e veículos que estão longe, mas não mostram quase nada do que está bem perto do seu carro.

A imagem acima, por exemplo, mostra em verde a área coberta pelo espelho de ré (aquele que fica na parte de cima do painel) e em azul e roxo as áreas que os espelhos laterais conseguem mostrar. Como é possível perceber, uma grande porção de espaço não é atendida por nenhum desses recursos — e é exatamente aí que entram as câmeras e sensores.

Ao contrário dos espelhos, que possuem limitações por estarem posicionados na parte da frente do carro, as câmeras e sensores que ficam atrás conseguem ter uma visão bem mais ampla de tudo o que você precisa enxergar. Dessa forma, você não apenas enxerga onde os espelhos não conseguem, mas também recebe avisos sonoros ao se aproximar de algo.

No entanto, um estudo do IIHS, um instituto que trabalha com segurança no trânsito, mostrou que a combinação de sensores e câmeras pode não ser a situação ideal sempre. De acordo com testes feitos com motoristas voluntários, ao combinar os dois recursos, mais acidentes ocorreram do que ao usar apenas uma câmera traseira.

A explicação é a de que, como os sensores possuem um alarme sonoro, é possível que os motoristas tenham se esquecido de olhar as imagens da câmera, confiando que, se houvesse algum objeto atrás do veículo, eles receberiam um sinal de som. A recomendação, nesses casos, é a de confiar primariamente nas imagens, que são a forma mais completa e confiável de saber se existe algo atrás do seu carro.

Um app para melhorar a direção

Se você não pode instalar câmeras ou sensores no seu carro, saiba que basta um smartphone para ajudá-lo a se tornar um motorista melhor. O app iOnRoad é um premiado recurso que usa realidade aumentada, o GPS do seu Android ou iPhone e uma boa quantidade de bateria para trazer o futuro da direção para o seu veículo.

Você precisa posicionar o celular no painel do carro, de forma que a câmera pegue toda a extensão das pistas. Com isso feito, é só ligar o app e ele analisa a distância do veículo da frente, a sua velocidade atual, a faixa em que você se encontra na rua ou estrada e muito mais! Com alarmes sonoros, ele avisa se o carro da frente desacelerar, por exemplo, ou se você sair da pista.

O iOnRoad possui um navegador GPS integrado que conta com informações sobre radares, por exemplo, e permite que você receba alertas se estiver indo muito rápido em uma pista com velocidade controlada. O app é gratuito para o Android (com funções limitadas, que podem ser desbloqueadas mediante pagamento) e custa aproximadamente cinco dólares para o iOS.

Cupons de desconto TecMundo: