Pesquisadores do departamento de ciência de materiais e engenharia da Universidade do Texas anunciaram que conseguiram criar um chip capaz de rodar a -228° C consumindo 10 vezes menos energia. 

Segundo informações divulgadas pela equipe que está trabalhando no experimento, não há a necessidade de usar nitrogênio líquido ou hélio para ajudar no processo de resfriamento. Em vez disso, foram construídos poços quânticos nos chips, que funcionam como filtros que permitem a passagem apenas de elétrons frios. 

“Somos os primeiros a efetivamente resfriar elétrons em temperatura ambiente. Pesquisadores fizeram resfriamento de elétrons antes, mas somente quando todo o dispositivo está mergulhando em um recipiente com líquido extremamente gelado”, explicou Seong Jin Joh, um dos responsáveis pela pesquisa na Universidade do Texas. 

Com isso, engenheiros serão capazes de construir transistores que podem operar em temperaturas extremamente baixas mesmo em temperatura ambiente e, ainda assim, de maneira eficiente.

Cupons de desconto TecMundo: