Lista das tecnologias mais estressantes apontadas pelos entrevistados (Fonte da imagem: Virgin)

Não é novidade que a tecnologia pode estressar os menos acostumados a ela. Mas a verdade é que até mesmo a geração que já nasceu “conectada”, por assim dizer, também tem seus momentos de tensão com computadores, celulares e outros eletrônicos. De acordo com um infográfico produzido pela Virgin, 60% das pessoas se sentem estressadas com a tecnologia.

No total, foram consultadas 210 pessoas que responderam a pesquisa por email, Facebook ou comunicadores instantâneos, sendo que 61% delas eram jovens de até 34 anos. De acordo com os dados levantado, as cinco tecnologias mais estressantes são:

  1. Wi-Fi (12,4%);
  2. a “nuvem” (11,4%);
  3. redes domésticas e sincronização de dispositivos (10%);
  4. desktops, laptos e tablets (8,6%); e
  5. redes sociais (6,8%).

Outros aspectos irritantes também foram levantados pelos entrevistados, como a constante mudança da tecnologia (18,6%), os problemas de compatibilidade (15,2%), o fato de um produto não fazer o que promete (14,8%) ou de simplesmente não ser confiável (10,5%). Por incrível que pareça, os vírus apareceram na última posição, eleitos por apenas 6,2% dos voluntários.

Serviços incomodam tanto quanto tecnologias (Fonte da imagem: Virgin)

Em relação aos fornecedores de serviços voltados para a área da tecnologia, a maior parte não os considera muito úteis (31,9%), enquanto um número muito grande de atualizações (17,6%) e a enrolação técnica excessiva (11,9%) também foram levantados como fatores que incomodam. O infográfico pode ser consultado no site do jornal Huffington Post.

E depois disso tudo, ficamos curiosos. Qual é a tecnologia que mais deixa você estressado?

Fonte: Huffington Post, Virgin Digital Help

Cupons de desconto TecMundo: