Conversar com alguém usando um sistema de videochamada pode ajudar você na hora de se comunicar, mas isso dificilmente nos passa a sensação de que aquela pessoa realmente está ali. Foi pensando nisso que um grupo de pesquisadores da Universidade de Osaka desenvolveu um braço robótico com uma única função: apertar mãos.

O braço, de forma simples, transmite o aperto de um “lado” ao outro da conversa, imitando a pressão exercida por cada um. Para evitar que as pessoas ainda tenham a impressão de estar segurando uma mão robótica, o equipamento é aquecido até uma temperatura de 37 °C – cinco acima da nossa própria mão –, fazendo assim com que ela realmente pareça viva.

Segundo Kazuaki Tanaka, um dos assistentes do projeto, ao DigInfo TV, “colocando uma mão robótica, você pode apertar as mãos das pessoas à distância. Isso dá uma maior sensação de presença do que você consegue com os sistemas de videoconferência comuns.”.

Cupons de desconto TecMundo: