Há alguns anos surgiram os primeiros protótipos de carros movidos a energia limpa, ou seja, energia que não emite poluentes na atmosfera por não trabalhar com motores de combustão. Hoje estes veículos já são uma realidade nas ruas e, mesmo que em menor número, já começam a oferecer vantagens para os consumidores.

O problema ainda está na falta de postos de abastecimento elétrico. Recarregar um motor movido por eletricidade não é tão simples quanto recarregar um motor movido a álcool ou gasolina. Essa dificuldade somada ao número baixo de carros equipados com tais motores não colabora muito para o incentivo do segmento.

Quase um autorama em tamanho real

Divulgação: HsKA

Mas se você estava pensando em desistir do carro elétrico, saiba que há novos estudos que planejam acabar com os problemas de alimentação. Além dos novos métodos de carga de baterias, outro sistema que começa a ser estudado é o de carregamento wireless, ou seja, sem a utilização de cabos.

Estudantes da universidade alemã Karlsruhe University of Applied Sciences estão desenvolvendo um tipo de carregador wireless que não havia sido imaginado ainda. Trata-se de um tipo de carregador que alimenta as células da bateria dos veículos com um sistema de indução elétrica enquanto o carro está em movimento.

Motor carregado por indução

Divulgação: HsKA

Durante os testes, foi utilizada uma pista parecida com um autorama, exigindo que o piloto seguisse o caminho determinado pelos desenvolvedores, pois era este o caminho que apresentava os indutores elétricos.  Devido aos altos custos, infelizmente ainda é inviável a instalação do projeto em larga escala, mas é possível que no futuro ele seja colocado em pontos estratégicos das cidades.