O helicóptero ecologicamente correto, anunciado na semana passada na EAA AirVenture Oshkosh (evento aeronáutico de maior popularidade no mundo), foi batizado de Dragonfly. A máquina utiliza o peróxido de hidrogênio (também chamado de água oxigenada) como combustível e, após todo o processo de queima e filtragem dessa substância, elimina apenas vapor d’água.

Tendo aproximadamente 100 quilogramas e podendo atingir a marca dos 185 quilômetros por hora, a novidade foi desenvolvida para carregar apenas uma pessoa. O helicóptero ecológico tem autonomia de voo de até 90 minutos.

Dragonfly, o helicóptero ecologicamente correto!

Apesar do status de “tecnologia verde”, o Dragonfly ainda não é uma alternativa de veículo das mais econômicas. Ele necessita de 11 galões de peróxido de hidrogênio para planar por uma hora e cada galão é vendido por cerca de US$ 4, aproximadamente 6 reais. Confira o vídeo demonstrativo seguinte:

Quanto custa? Para adquirir uma máquina dessas você precisa desembolsar US$ 120 mil. A invenção já está sendo comercializada, portanto, se você pretende conhecer os céus sem agredir a natureza, vá voando buscar o seu!