(Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

Depois da criação de baterias verdes que usam corantes naturais para funcionar, de autoria da Rice University, os estudos da tecnologia sustentável estão progredindo ainda mais. Agora, uma equipe de pesquisadores da University of Reading dá mais um passo para tornar os produtos “amigos” da natureza mais eficientes na hora de trabalhar com a eletricidade.

Eles criaram um novo nano material que é inspirado na estrutura celular de plantas. Dessa forma, a novidade forma uma rede de minúsculos fios, que têm uma área de contato maior do que a dos atuais eletrodos. Por conta disso, esse material consegue converter uma quantidade maior de energia e usando um espaço menor, já que ele é capaz de trabalhar com mais eletricidade de uma vez só.

Levando em consideração essa característica, a nova tecnologia pode ser usada para melhorar o sistema de carros elétricos, células eletrovoltaicas e de diversos outros produtos considerados “verdes”. No entanto, ainda não se sabe quanto tempo vai demorar para que a novidade chegue ao público.