(Fonte da imagem: Vincent Callebaut Architects)

Transformar uma área de Taiwan em um verdadeiro oásis. Essa foi a proposta dos planejadores da cidade ao decidir transferir o aeroporto de Taichung para outro ponto e tornar a região uma área mais agradável.

No espaço, a equipe planeja a construção de uma torre autossustentável. Utilizando o que há de mais moderno em tecnologia, o empreendimento terá emissão zero de CO2, constituindo-se no prédio mais “verde” do planeta.

O projeto está orçado em US$ 85 milhões e o design aprovado é uma criação do grupo Vincent Callebaut. O Bionic-Arch terá 390 metros de altura e será movido à base de energia solar e eólica. Florestas verticais e jardins suspensos completam a arquitetura. O empreendimento ainda está em fase inicial e as obras ainda não têm previsão de início.