Fonte da imagem: Divulgação/USAF

Até o final deste ano, a Força Aérea estadunidense deve passar a monitorar o Afeganistão utilizando o Blue Devil, um dirigível capaz de permanecer em uma altura de até 6 mil metros. O projeto deve custar ao governo dos Estados Unidos um investimento de, aproximadamente, US$ 211 milhões.

A Força Aérea ainda não definiu o tipo de câmeras que devem ser utilizadas no dirigível, porém sabe-se que serão dezenas de sensores espalhados por ele, com diferentes objetivos: o projeto conta com 96 câmeras que devem gerar um volume de dados próximo a 275 TB a cada hora. Para isso, é necessário manter a bordo um supercomputador capaz de interpretar e encaminhar as informações.

O objetivo é que dados recebidos cheguem às tropas em combate em um período máximo de 15 segundos. Por enquanto, o que se sabe é que o Blue Devil deverá ser maior do que um estádio de futebol, com aproximadamente 106 metros de comprimento, sendo sete vezes maior do que o famoso dirigível da Goodyear.

Cupons de desconto TecMundo: