Tanque com camuflagem eletrônica

Fonte da imagem: BAE Systems

A empresa britânica de defesa BAE Systems desenvolveu um conceito de camuflagem para tanques de guerra utilizando E-Ink. Ainda no campo dos projetos, o mecanismo seria responsável por reconhecer o terreno em volta do veículo e aplicar o mesmo padrão para cobri-lo, o que o deixaria efetivamente invisível para potenciais ataques.

Segundo a BAE Systems, embora o projeto seja baseado em um conceito, poderia ser empregado em uma quantidade de tempo relativamente curta. O mecanismo funciona da seguinte forma: o exterior do tanque conta com sensores eletrônicos que são capazes de reconhecer as cores e as texturas do terreno.

O sistema então processa os dados de cores, linhas e imagens recebidos e utiliza uma espécie de tinta eletrônica (E-Ink) para projetá-las sobre o veículo. À medida que ele se move e o terreno muda, da mesma forma uma alteração é feita na camuflagem aplicada. Dessa maneira, mesmo em movimento o tanque estaria praticamente invisível para eventuais inimigos.

O que impede a fabricação do sistema até o presente momento é o custo que isso teria para a empresa. Entretanto, ela acredita que possa colocar seu projeto em linha de produção em poucos anos para auxiliar os militares britânicos que estarão servindo no Afeganistão.

Cupons de desconto TecMundo: