Esboço do armamento laser (Fonte da imagem: Divulgação BBC)

As forças policiais do Reino Unido colocaram em fase de testes nesta semana um dispositivo a laser que poderia deixar antiquado os canhões de água e até os tasers como armas não letais. A possível adoção do novo dispositivo veio em resposta às manifestações civis ocorridas em agosto por toda a nação, deixando o país em uma situação caótica.

O armamento não letal foi desenvolvido pelas forças especiais da Marinha Real e tem a capacidade de projetar um feixe de luz de 3 metros de altura que poderia cegar toda uma multidão temporariamente, à uma distância máxima de 500 metros. Originalmente, o canhão laser foi concebido para combater piratas na Somália.

É esperado que o dispositivo passe por vários testes nas mãos da polícia britânica durante alguns meses antes que possa ser adotado. Também é preciso aferir se nenhum dano permanente possa ocorrer além da cegueira temporária. O preço unitário também deve ser avaliado, considerando que cada aparelho custaria U$ 40 mil para os cofres públicos.

Cupons de desconto TecMundo: