(Fonte da imagem: TechWorld)

Os hackers Vlad Gostom e Joshua Marpet apresentaram, durante a Defcon 2011 (conferência realizada em Las Vegas, nos EUA), seu projeto em fase “Beta” que consiste em um conceito de câmera disparada por meio de um lança-granadas.

A invenção, batizada de Firefly, após ser lançada ao céu, envia as imagens capturadas para um computador por meio de sinais de rádio. Segundo a dupla, o conceito foi criado para ser utilizado por soldados durante confrontos.

A ampliação do alcance de visão dos combatentes, com o auxílio desse dispositivo, possibilita que eles tenham mais segurança ao avançar no campo de batalha – já que a tropa poderia visualizar bases inimigas, emboscadas e outros tipos de perigo com maior rapidez e a uma distância segura.

(Fonte da imagem: TechWorld)

O primeiro experimento com a Firefly não obteve o sucesso desejado. A câmera no formato de um sinalizador de 37 milímetros foi lançada a uma altura de 150 metros, porém, com diversos erros durante o percurso. Os hackers pretendem melhorar o projeto remodelando o design do projétil e reduzindo a altura do disparo para 70 metros. Essa câmera é voltada para a indústria bélica, já tendo uma empresa israelense interessada no projeto.

Cupons de desconto TecMundo: