Quando o assunto é levar algumas tecnologias já existentes a um novo patamar, a DARPA parece não brincar em serviço. A última empreitada da agência de pesquisa militar dos EUA nesse sentido é a construção do XV-24A LightningStrike, uma aeronave elétrica experimental do tipo VTOL – isto é, que decola e pousa na vertical. Durante o mês de março, uma versão miniatura do equipamento passou com sucesso por mais uma bateria de testes ao realizar seu primeiro voo livre.

Enquanto a edição definitiva do veículo deve pesar mais de 5,4 toneladas, ter uma envergadura de 18,5 metros e cruzar os céus em algum ponto de 2018, o modelo de demonstração só precisou de uma única bateria de íon-lítio para colocar suas 24 ventoinhas para funcionar. Pudera, já que esse protótipo fica apenas na faixa dos 147 quilos e necessita de muito menos força para se manter no ar.

Seja como for, essa versão de testes exemplifica bem a versatilidade dos VTOLs, que combinam a velocidade dos aviões convencionais com o controle dos helicópteros. Na prática, isso significa que, ao mesmo tempo em que o XV-24A LightningStrike pode atingir até 740 km/h em seus voos, ele também tem a capacidade de pairar sobre alvos ou localidades específicas – e pousar em espaços bem reduzidos – sem nenhum tipo de dificuldade.

Eventualmente, esse tipo de tecnologia pode acabar chegando aos usuários comuns

Como é possível conferir no vídeo mais acima, os testes iniciais com a miniatura ainda são bem tímidos, mas a expectativa é que ao longo dos próximos meses o equipamento possa ser levado aos seus limites e demonstre melhor seu potencial para aplicações militares. Eventualmente, esse tipo de tecnologia pode acabar chegando aos usuários comuns, já que a Uber e outras empresas de transporte brincam com a possibilidade de levar clientes rapidamente de um pouto ao outro da cidade – evitando o trânsito rotineiro das metrópoles.

Cupons de desconto TecMundo: