Um dos maiores problemas que as forças militares americanas (e provavelmente todas as outras) enfrentam são as ações em ambientes urbanos, onde as ruas estreitas e os prédios altos prejudicam a comunicação entre soldados e o comando, tanto verbal quanto visualmente. A solução para isso foi o uso de drones, dispositivos que já são há muito tempo usados com essa função.

Porém, a DARPA – sigla em inglês para Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa – acredita que quanto mais melhor: um “enxame” de drones podem ser os olhos adicionais cruciais em uma ação militar. Porém, controlar uma grande quantidade desses quadricópteros é um desafio grande para a DARPA, que pretende dominar a função através de um novo programa que terá suas estratégias testadas por ninguém menos que jogadores de video game.

Táticas de guerra na vida real

A ideia é colocar gamers para ajudar a produzir e testar centenas de táticas de ação que envolvem grupos de mais de 100 drones, juntamente com o desenvolvimento de uma interface que poderá funcionar, inclusive, com realidade aumentada, virtual e comandos de voz. O projeto, chamado Offensive Swarm-Enabled Tactics (OFFSET), vai basear as táticas e manobras dos dispositivos na física dos jogos.

Com as tecnologias e táticas que serão desenvolvidas pelo programa, podemos prever a obtenção de uma compreensão mais profunda sobre como grandes quantidades de robôs cada vez mais autônomos podem ser melhoradas

O “jogo” de teste dos drones da DARPA consiste em uma disputa competitiva na qual os usuários vão explorar métodos diferentes e comunicar suas táticas e seus desempenhos para a agência. Durante o processo, os gamers devem interagir e trocar táticas para um experimento mais profundo. Isso vai criar uma comunidade complexa de jogadores testadores para que seus comportamentos coletivos revelem o melhor modo de controlar os drones.

O responsável pelo OFFSET, Timothy Chung, afirmou: “Com as tecnologias e táticas que serão desenvolvidas pelo programa, podemos prever a obtenção de uma compreensão mais profunda sobre como grandes quantidades de robôs cada vez mais autônomos, tanto de ar quanto terrestres, podem ser melhoradas para beneficiar soldados em ambientes urbanos”.

Cupons de desconto TecMundo: