Bater um carro não é uma experiência legal, e todos nós sabemos disso. Agora, bater um Bugatti Chiron, que custa cerca de US$ 2,5 milhões e que teve uma produção limitada a 500 unidades é algo que vai muito além de uma simples dor de cabeça e umas duas horas no mecânico da esquina. Acredite ou não, alguém conseguiu realizar tal proeza, colocando esse veículo de luxo em uma vala na cidade de Wolfsburgo, na Alemanha.

Não há informações concretas sobre quem estava dirigindo o possante — alguns jornais estrangeiros afirmam que era apenas um ricaço qualquer, enquanto outros vão além e juram que o motorista desatento era, na verdade, um funcionário da própria Bugatti. Visto que o Chiron foi lançado há pouco tempo (e poucas unidades estão nas ruas) e que Wolfsburgo possui um QG da montadora, essa teoria não parece tão mirabolante assim.

Esta foto, que parece ter sido registrada com uma TekPix, é a única imagem que temos do acidente

“Infelizmente, o motorista estava um pouco desatento, e é por isso que o carro acabou entrando na vala”, afirmou Manuela Hohne, porta-voz da Bugatti, ao ser entrevistada pelo jornal local Bild. A executiva ainda ressaltou que ninguém se feriu no acidente. O mais bizarro ainda é saber que um carro de US$ 2,5 milhões foi resgatado com um veículo de construção em vez de um reboque convencional. Vai entender...

Cupons de desconto TecMundo: