Stephen Hung é um empresário envolvido com um grande lançamento: o hotel The 13, em Macau, na China. O The 13 é um daqueles hotéis que estamos acostumados a ver em programas de viagens luxuosas na TV: são 22 andares e uma diária pode sair por mais de US$ 100 mil. E também não podia ser diferente; já que todo estabelecimento de luxo possui uma frota própria, Stephen Hung encomendou 30 Rolls-Royce Phantom para ajudar os hóspedes.

O empresário investiu cerca de US$ 20 milhões nessa brincadeira, em conversão direta, são R$ 65 milhões em 30 carros — a maior encomenda já recebida pela Rolls-Royce em sua história.

Dentre os 30 Phantom, dois modelos serão diferenciados: "Gold Phantoms", voltados para hóspedes "especiais". As diferenças estão na cor vermelha "Stephen Red" — também está nos outros veículos — que possui partículas de ouro puro nas versões Gold, acabamentos dourados no interior e exterior, além do logo Rolls-Royce incrustado de diamante.

Os Phantom entregues também contam com rodas de 21 polegadas com pintura própria e detalhes diversos inspirados em um relógio que foi desenvolvido entre Rolls-Royce e Graff. Vai uma nota: estes provavelmente serão alguns dos últimos modelos Phatom produzidos pela fabricante, que será substituído pela próxima iteração em 2018.

O preço da soneca

Só para não deixar passar: se você quiser passar uma noite no The 13 com direito a dar umas voltas no Rolls-Royce Phantom Gold, vá juntando US$ 130 mil (R$ 417 mil) para a diária.

Cupons de desconto TecMundo: