O Exército da China declarou que conseguiu desenvolver um radar quântico, e isso significa uma coisa grandiosa: praticamente toda a frota de caças stealth presentes no mundo estão obsoletos. Ou seja, os bilhões de dólares investidos pelo governo norte-americano na tecnologia que esconde os aviões de radares "inimigos" acabaram de ir para o ralo.

A criação do radar quântico foi revelada pela Xinhua News Agency, notando que o sistema do radar quântico é baseado na detecção de fótons únicos. Os experimentos de detecção de alvos, conduzidos em ambiente real, mostraram que o radar desenvolvido pode perceber movimentações muito além dos 100 quilômetros de distância.

É o fim dos caças stealth?

Na teoria, o radar quântico percebe um objeto após enviar sinais fotônicos que, quando em contato com esse objeto, percebe alterações nas propriedades quânticas do corpo. Além de detectar caças stealth facilmente, o radar quântico é altamente resistente — é muito difícil realizar o bloqueio aos sinais.

De acordo com o Exército da China, assim que o radar quântico "encontra e trava" a localização de algum avião, fica praticamente impossível de o veículo conseguir desviar de mísseis de defesa.

Dúvidas sobre a veracidade

Alguns veículos norte-americanos não estão confiantes de que o radar quântico realmente tenha sido desenvolvido pela China. Se eles estão subestimando o poder dos chineses, não sabemos, mas o ExtremeTech levantou alguns pontos interessantes.

No ano passado, um sistema de radar baseado em laboratório também foi desenvolvido (pesquisadores dos EUA, do Reino Unido e da Alemanha). Porém, em laboratório, local onde as condições costumam ser mais favoráveis para os testes, o radar alcançou cerca de 20 metros. Ou seja, a China declarar que alcança mais de 100 quilômetros seria algo duvidoso.

O site também comenta que faltam detalhes mais específicos do sistema. E então, o que você acha? A China realmente conseguiu desenvolver o radar, como ela mesma confirmou, ou isso é apenas uma declaração para "mexer com os ânimos" de outros países?

Cupons de desconto TecMundo: