Para os apaixonados por automóveis, há poucos pesadelos maiores do que alguém comendo dentro do seu carro ou batendo uma das portas com força – provavelmente depois de ser enxotado porque estava comendo no carro, claro. Perceber que a sua ex botou fogo no seu amado Honda Accord, por exemplo, pode ser considerado pior que algumas migalhas no banco de couro, não é? No caso de um norte-americano, o buraco é ainda mais embaixo, já que seu companheiro motorizado aparentemente foi incinerado por engano.

O caso aconteceu no final de agosto, na cidade de Clearwater, na Flórida, mas só recentemente a história foi completamente desvendada, graças ao fato de toda a ação cruel contra o clássico japonês ter sido registrada por câmeras de segurança. Presa no último dia 3 de setembro, Carmen Chamblee, de apenas 19 anos, disse à polícia local que estava “apenas” tentando se vingar do ex-namorado ao deixar o clássico japonês em chamas – ateando fogo em algumas roupas no porta-malas do veículo.

A surpresa deve ter sido grande, então, quando a moça foi informada de que o carro não era do seu atual desafeto, mas sim de Thomas Jennings, um rapaz que nunca tinha visto Carmen na vida e que, muito provavelmente, não esperava que precisasse correr para tentar apagar o incêndio fatídico com alguns baldes de água. Infelizmente, para o dono do Accord, o aviso dado pelo seu colega de quarto veio muito tarde e a destruição não pôde ser contida antes que o inocente Honda sofresse danos graves.

Que tristeza, amigos!

Por enquanto, a jovem está detida na cadeia do condado de Pinellas e deve encarar um julgamento ainda neste mês, respondendo pelo crime de incêndio. E aí, qual reação você teria se fosse alertado de que o seu carro estava pegando fogo na rua? Que cenário seria pior do que esse? Deixe a sua opinião mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: