A Honda e a SoftBank formaram uma parceria para criar um carro capaz de interpretar emoções humanas e conversar com o motorista quando julgar apropriado. A ideia das duas empresas é embarcar uma inteligência artificial (I.A.) em um veículo repleto de sensores capazes de captar uma série de dados sobre o ocupante em tempo real.

Dessa forma, seria possível perceber quando o/a motorista está estressado(a) ou quando ele ou ela precisa de ajuda para alguma manobra complicada na estrada ou mesmo na hora de estacionar em uma via movimentada. Essa I.A. ainda seria capaz de bater um papo quando a pessoa estiver sozinha no carro durante uma longa viagem, para fazer companhia.

A SoftBank vem ganhando os holofotes recentemente por seus projetos ambiciosos e especialmente por ter anunciado na última segunda-feira (18) que tinha comprado a ARM Holdings, maior desenvolvedora de chips mobile do mundo.

Essa I.A. seria capaz de bater um papo quando a pessoa estiver sozinha no carro durante uma longa viagem

Já o anúncio da parceria com a Honda foi feito pela SoftBank em um evento em Tóquio, onde a companhia destacou que o projeto envolve trazer a tecnologia do robô “Peper” para os carros. Esse robô tem o tamanho de uma pessoa comum e é capaz de se comunicar com humanos através de um sistema inteligente conectado à nuvem. O mesmo seria desenvolvido para os veículos da montadora japonesa.

“Imagine se robôs, com sua superinteligência, se tornassem devotos dos humanos. E imagine se os próprios carros pudessem se tornar supercomputadores ou robôs um dia. A Honda será a primeira montadora a adotar essa tecnologia”, disse Masayoshi Son, CEO da SoftBank.

Cupons de desconto TecMundo: