O One:1 é um supercarro da Koenigsegg que pode ostentar o título de mais rápido do mundo: ele alcança 440 km/h, sendo empurrado por 1.360 cv. Foram produzidas apenas sete unidades do veículo, que são avaliadas em mais de 2 milhões de euros cada. Acontece que, exatamente agora, existem apenas seis unidades no mundo, já que uma foi completamente destruída na pista de Nürburgring, na Alemanha.

De acordo com a fabricante, o piloto estava tentando bater a marca de 6m57s do Porsche 918 Spyder. Não se sabe se a marca foi batida, contudo o veículo acabou saindo do controle por causa de um suposto problema no eixo traseiro e no sistema de freios ABS — a causa ainda está sendo investigada. Como você pode ver nas imagens abaixo, o One:1 foi completamente destruído.

É um "milagre" que o piloto tenha saído ileso

"O condutor foi levado para o hospital, de acordo com os procedimentos nesse tipo de situação, e teve alta imediata", comentou a Koenigsegg. É um "milagre" que o piloto tenha saído ileso, visto o dano que o carro sofreu. "Ficamos satisfeitos que nossos sistemas de segurança funcionaram da maneira como foram desenvolvidos para proteger o motorista", disse a montadora.

One:1 inteiro

Não há informações se a Koenigsegg vai construir outro modelo de 2 milhões de euros do One:1, porque, como você pode notar, esse está completamente inutilizável.

  • Caso você não consiga reproduzir o vídeo, veja a foto:

One:1 destruído

Cupons de desconto TecMundo: