A Solar Impulse 2, aeronave movida à energia solar, está prestar a terminar a sua aventura ao redor do mundo. Depois de partir do aeroporto de Sevilha, na Espanha, passou 50 horas e 30 minutos no ar até pousar na cidade do Cairo, no Egito.

A jornada termina em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, de onde o avião partiu no dia 9 de março de 2015, e todos os voos podem ser acompanhados diretamente no site da equipe da Solar Impulse.

No caminho da penúltima perna da volta ao mundo, André Borschberg, que divide a cabine do avião com Bertrand Piccard, voou sobre o Mediterrâneo e passou por países como Tunísia, Algéria, Malta, Itália e Grécia antes de chegar ao Egito.

A aeronave não é abastecida com qualquer tipo de combustível fóssil: as imensas asas possuem 17.248 células solares que são usadas para armazenar e fornecer energia para os quatro motores elétricos que movem as hélices e permitem que a Solar Impulse 2 voe a uma velocidade média de 75 km/h.