Você conhece o Jolla? Trata-se de um smartphone criado por uma empresa finlandesa independente, que desenvolve os seus próprios aparelhos e conta até mesmos com seus próprios sistemas operacionais de código aberto, como o Sailfish OS e o Mer Core.

A principal proposta da marca é oferecer um produto diferenciado no mercado, permitindo que os seus usuários realizem a adaptação completa do aparelho de acordo com suas respectivas necessidades.

Cada vez mais adaptável

Para reforçar ainda mais o principal objetivo da empresa, os desenvolvedores do Jolla decidiram iniciar um financiamento colaborativo do produto The Other Half Keyboard (TOHKBD), que permite incluir no aparelho um teclado físico, se assemelhando muito com o antigo sistema slider.

Mas, diferente dos modelos clássicos, este gadget servirá como um periférico destacável, podendo ser facilmente removido. O truque está em potentes imãs que são colocados na estrutura do teclado que mantém a estrutura do smartphone firme ao TOHKBD.

Durabilidade

Uma das grandes preocupações deste projeto no que diz respeito à durabilidade está no material empregado. Segundo informações divulgadas no site Kickstarter, a estrutura do teclado é composta de plástico PLA, que é feito por uma impressora 3D profissional.

Isso faz com que, em caso de danos ao teclado, a substituição possa ser feita através da reimpressão do modelo 3D, evitando a total dependência da fabricante, que geralmente encerra a produção de peças de reposição depois que o aparelho não é mais fabricado.

Características do teclado

Outra característica muito interessante é que o teclado pode ser conectado nos dois lados do aparelho, adaptando-se completamente à sua forma de utilização. As teclas, por sua vez, são feitas de uma mistura de borracha e plástico, fazendo com que o material seja translúcido e possa receber retroiluminação, algo muito útil em ambientes com pouca luz.

No mesmo instante em que o TOHKBD é conectado, o software vai automaticamente instalar todos os drivers necessários, dispensando qualquer intervenção do usuário para que ele funcione corretamente.

Regionalização

Para conseguir agradar aos consumidores de diversas regiões, serão feitos modelos de teclados com os seguintes padrões: QWERTY, QWERTZ, AZERTY, SCANDIC, CYRILIC e DIY.

Para os mais exigentes, a empresa também vai lançar uma versão sem qualquer tipo de impressão nas teclas, conhecida como Stealth, permitindo que o usuário realize a gravação de caracteres e garantindo a total personalização do produto.

Acabamento de madeira

Trabalhando em parceria com a empresa Lastucase, a empresa promete disponibilizar a opção de adicionar texturas à parte traseira do teclado, dando um acabamento especial de madeira. Na imagem abaixo, é possível conferir as possíveis opções de customização.

Ficou interessado? Confira o vídeo do protótipo em funcionamento a seguir!

Cupons de desconto TecMundo: