NVIDIA

A NVIDIA anunciou hoje a compra da Icera, uma empresa britânica de processadores baseband usados em dispositivos sem fio e modens USB. Com chipsets menores, mais flexíveis e eficientes, a empresa pode aumentar ainda mais a concorrência dentro de um mercado em expansão como o de celulares e tablets.

A aquisição por 367 milhões de dólares da Icera permitirá que a NIVDIA combine a tecnologia dos chipsets para modens juntamente aos processadores Tegra, criando assim um dispositivo ainda melhor e mais completo.

De acordo com o comunicado oficial na página da fabricante, a “arquitetura dos processadores baseband programáveis da Icera vão permitir que a NVIDIA e os clientes OEM inovem e adaptem algoritmos em um mercado de celulares em constante evolução (...) possibilitando a integração de seus chipsets em sistemas e softwares rapidamente e, em última instância, na criação de um ‘superchip’, caso esta seja o melhor uso da tecnologia”.

As possibilidades com esta fusão são imensas e devem colocar fogo no mercado de portáteis nos próximos anos. Com a Icera focando suas operações em LTE, no futuro a NVIDIA poderá, por exemplo, entrar no mercado de tablets, celulares e notebooks próprios, já com o que há de mais moderno em termos de conectividade à web.

Segundo a assessoria de imprensa, a transação só deve trazer diferenças de operação na segunda metade de 2012. Resta aguardar para conferir qual será o impacto factual da aquisição, que certamente devem aumentar a concorrência entre as fabricantes de produtos para dispositivos móveis.

Cupons de desconto TecMundo: