Fonte: Mashable

Na última terça-feira (9), o Center for Public Integrity (Centro de Integridade Pública, em uma tradução livre) estreou seu primeiro projeto em HTML5. O objetivo do trabalho desenvolvido pela organização sem fins lucrativos é facilitar a leitura para quem costuma acessar conteúdo por navegadores através de desktops ou dispositivos móveis.

O projeto é uma espécie de modelo que simula o visual encontrado em aplicativos de leitura desenvolvidos para tablets, deixando de lado algumas de suas características interativas. O resultado são textos exibidos em um formato widescreen que dão ênfase às palavras e deixam de lado elementos que distraem o usuário – caso de banners de propaganda e links para outros conteúdos.

Para interagir com o que é mostrado na tela, o usuário conta com uma barra de navegação localizada ao lado esquerdo da tela. Através dela, pode-se alterar rapidamente entre diversas partes do conteúdo acessado, em um formato que lembra muito algumas revistas virtuais. A formatação do texto é feito de forma automática, adaptando fontes e tamanhos ao tamanho da janela aberta pelo navegador.

Como o modelo é renderizado utilizando o HTML5, o resultado é um formato que se adapta perfeitamente a dispositivos móveis sem precisar de nenhum tipo de conversão. Assim,  o usuário pode obter a mesma experiência de leitura em qualquer lugar que esteja, basta ter acesso a um navegador de internet compatível com a tecnologia.

A principal vantagem da solução desenvolvida pelo Center for Public Integrity está no custo de produção. Afinal, desenvolver um aplicativo capaz de rodar em qualquer navegador requer menos recursos do que a produção de aplicativos móveis específicos para um único sistema operacional.

Cupons de desconto TecMundo: