Tamanho não é documento, mas algumas pessoas realmente não se contentam com tablets de apenas 7,9 ou 9,7 polegadas. Preocupados com esses consumidores exigentes, fabricantes têm desenvolvido dispositivos maiores que, apesar de não serem tão portáteis assim, têm as suas vantagens.

Gosto é gosto, mas um tablet grande pode ser ótimo para entretenimento. Vídeos ficam melhores, em geral, em uma telona; jogos também, especialmente no modo multiplayer.  Pensando nas crianças que precisam dividir seus brinquedos, a empresa Fuhu acaba de lançar um tablet de 24 polegadas, o Nabi Big Tab. Isso mesmo: 24 polegadas. A corporação também vai vender uma versão de 20 polegadas. Conheça esse e outros tablets bem grandinhos que utilizam o sistema operacional Android.

Nabi Big Tab

Não tem para ninguém. Os tablets de 24 e 20 polegadas da Fuhu são os maiores dispositivos com Android do mercado. Voltados para crianças, eles vêm com processador Nvidia Tegra 4, 16 GB de armazenamento interno e 2 GB de memória RAM.

A tela touchscreen tem resolução de 1600x900 no modelo de 20 polegadas e 1920x1080 no de 24. Nabi Big Tab 20 e 24 vão custar respectivamente US$ 450 (cerca de R$ 1.014 na cotação atual, sem impostos) e US$ 550 (R$ 1240). Ainda não se sabe se os produtos estarão disponíveis no Brasil.

Kocaso GX1400

Com processador dual-core, 1 GB de memória RAM DDR3 e apenas 8 GB de memória, esse tablet tem 13,3 polegadas. A tela tem resolução de 1280x800 pixels. Na Amazon norte-americana, o produto pode ser encontrado por US$ 220.

ARCHOS FamilyPad 2

Tela de 13,3 polegadas, com resolução de 1280x800 pixels. Até aí, está parecido com o modelo anterior. O tablet da empresa francesa ARCHOS também tem 1 GB de memória RAM e capacidade de armazenamento de 8 GB, mas tem processador Quad-core GPU Mali 400 MP4. Sai por no mínimo US$ 170 no exterior.

Galaxy Note Pro 12.2

O Galaxy Note Pro, com 12,2 polegadas e tela com resolução de 2560 x 1600, pesa 753 g. Ele tem 32 GB de memória, 3 GB de RAM e processador quad-core. No Brasil, ele sai por cerca de R$ 2.400. Segundo rumores, a Samsung planeja lançar também um tablet de 13 polegadas.

Compensa?

Algumas empresas têm tentado unir portabilidade com a telona, mas não é uma tarefa tão fácil. A Toshiba, por exemplo, já lançou um tablet com 13 polegadas, o Excite 13, mas o produto não vendeu o esperado e já saiu do mercado. Agora parece que as corporações têm optado por fabricar híbridos, com outros sistemas operacionais, e deixar os tablets efetivamente com um tamanho mais compacto.

De qualquer forma, há alguns anos, um protótipo de tablet com Android, da ARDIC Technology, chegou a ter 65 polegadas. Será que vale a pena ou é melhor recorrer a outras opções, como um Tudo em um ou uma televisão de 46 polegadas logo? São perguntas que o consumidor e o próprio mercado vão ter que se fazer daqui para a frente. O que você acha? Se lembrar de algum outro modelo, comente.

Cupons de desconto TecMundo: