Um estudo realizado pelo site de tecnologia Tech21, um em cada oito bebês britânicos falam “tablet” como sua primeira palavra. A pesquisa foi realizada no mês de julho deste ano, e ainda trouxe outros resultados sobre o uso do aparelho.

Mesmo assim, 81% dos bebês quebraram seus dispositivos deixando o mesmo cair ou jogando longe. Porém, o local mais perigoso para o aparelho é o carro: 45% dos pais disseram que os acidentes ocorrem ao entrar ou sair do veículo. E não para por aí: 25% dos pequenos quebraram a tela de seus dispositivos uma vez no último ano.

Realizada com 3.614 adultos, a pesquisa mostrou também que 40% dos pais permitem aos pequenos brincar mais de uma hora por dia com uma tablet. Já 7% admitiram deixar o filho utilizar o aparelho por mais de quatro horas diárias — e 12% disseram que seus filhos (já usuários do gadget) tem 2 anos ou menos.

Uma geração de filhos é mimada pelos pais

Esse estudo surge logo após uma pesquisa realizada pela E.ON com 2 mil adultos, que descobriu que eles gastam mais de £ 2 bilhões com gadgets a cada ano para seus filhos — as meninas e os menores de 5 anos são os mais mimados. A pesquisa também mostra que uma criança típica possui quatro aparelhos e que seus pais gastam em média £ 292 por ano.

O preço que os pais pagam por mimar tanto seus filhos na Grã-Bretanha, aparentemente, é o fato de não serem lembrados no momento da primeira palavra, como descoberto pelo Tech21.

Cupons de desconto TecMundo: