A LG anunciou nesta segunda-feira que abandonou os planos de criar um tablet utilizando o sistema operacional Android. Segundo a companhia, a versão 2.2, também conhecida como Froyo, não era a melhor opção para um dispositivo do tipo, pois ainda apresenta pontos que devem ser aprimorados. Porém, isso não impede que a versão 3.0, ou Gingerbread, seja utilizada em futuros dispositivos da companhia.

Segundo a empresa, o principal motivo do cancelamento foi a falta de otimização do Froyo para dispositivos com telas grandes, o que gerava constantes problemas de visualização. Dessa forma, a LG decidiu esperar até que o Google desenvolva uma nova versão do sistema operacional em vez de se arriscar em um mercado atualmente dominado pelo popular iPad.

Android em tablets da LG? Só a partir da versão 3.0

Antes do anúncio de hoje, os planos da empresa eram lançar um aparelho capaz de competir com o iPad e o GalaxyTab no inverno norte-americano. Porém, agora, os consumidores terão de esperar mais alguns meses para ver um tablet da companhia chegando ao mercado. A notícia é especialmente constrangedora para a LG, quando se leva em conta que meses atrás a companhia anunciou que o sistema operacional Froyo seria mais eficiente e rápido do que o iOS da Apple.

Cupons de desconto TecMundo: