Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/MIC Gadget)

Com a aproximação do possível anúncio do iPad mini, é muito provável que os tablets se tornem um dos produtos mais procurados do próximo Natal. No entanto, não é porque eles são menores, mais leves e práticos que não oferecem nenhum tipo de perigo à sua saúde.

O uso excessivo do aparelho da Apple fez com que um garoto de apenas sete anos desenvolvesse uma deformação nos ossos do pescoço — um problema conhecido como espondilose. De acordo com o site MIC Gadget, isso surgiu exatamente por conta do longo período que o menino passava com o dispositivo em seu colo. Com isso, suas vértebras e os músculos ao redor se adaptaram à posição e criaram a deformidade.

De acordo com os pais do menino, o problema só foi descoberto após ele reclamar de dores na região cervical e de muita enxaqueca. Preocupados com o que poderia ser, eles levaram a criança para o hospital e o desvio da coluna foi identificado em uma radiografia. Quando questionados sobre o que poderia ter causado o problema, eles responderam que o garoto passava horas jogando no tablet.

Diante disso, o médico recomendou um tratamento de três a seis meses para ajudar a criança a se livrar das dores, além de uma rotina de alongamentos e outros exercícios para pescoço e ombros — isso sem falar do tempo longe de Angry Birds ou seja lá qual for o game no qual ele se viciou.

Fonte: MIC Gadget

Cupons de desconto TecMundo: