(Fonte da imagem: Divulgação/Aaron Seigo)

Até agora, para o desapontamento dos admiradores do sistema operacional Linux, não existia no mercado nenhum leitor digital open source. Entretanto, com o lançamento do Spark, essa história deve mudar.

Anunciado por Aaron Seigo, um dos responsáveis pelo projeto, este tablet é o primeiro a vir com Plasma Active pré-instalado, um sistema operacional livre baseado no Linux. Embora não tenha sido desenvolvido para competir com dispositivos como o Kindle Fire ou o iPad, o Spark foi feito “para quem gosta de criar excelentes softwares utilizando ferramentas típicas do Linux”.

Suas especificações técnicas não impressionam muito:

  • Processador AMLogic ARM de 1 GHz;
  • 4 GB de memória interna;
  • Slot para SDcard;
  • 512 MB de RAM;
  • Tela multitouch de 7”;
  • Saídas USB e HDMI;
  • Conectividade Wi-Fi.

Ainda não se sabe exatamente quando ele será lançado, mas deve custar algo em torno de US$ 260 (aproximadamente R$ 450).

Cupons de desconto TecMundo: