(Fonte da imagem: Datawind/Divulgação)

Se depender da vontade de Suneet Singh Tuli, presidente da Datawind, o tablet mais barato do mundo será comercializado em outro países além da Índia - e quem sabe, até mesmo no Brasil. O Aakash, que significa “céu”, em sânscrito, é um aparelho de 7” que roda Android 2.2 e sai por apenas US$ 22 para estudantes e professores na Índia, onde é produzido.

De acordo com uma entrevista de Tuli à agência EFE realizada nesta semana, o Aakash tem o poder de revolucionar a comunicação, já que, além de ser barato, é tão bom quanto os outros tablets do mercado. O Aakash começará a ser vendido na Índia em dezembro deste ano e chegará ao público geral custando US$43.

Bom e barato?

A expansão de mercado do Aakash deve começar já no ano que vem. Os planos são de que o tablet chegue à Europa por 100€, cerca de quatro vezes menos que o modelo mais básico do iPad, tablet mais vendido hoje. 

O Aakash não é, em termos de especificações, tão forte quanto os outros modelos do mercado, mas é provável que seja mais do que suficiente para acessar a internet e rodar alguns aplicativos básicos. Considerando também seu custo reduzido, não seria nada mal se o "céu" chegasse no Brasil.

Especificações do Aakash

  • Tela de 7” 800 x 480
  • Android 2.2 Froyo
  • 256MB de memória RAM
  • 2GB de memória interna
  • Até 32GB de memória externa
  • Porta USB
  • Wi-Fi

Cupons de desconto TecMundo: