Tablets serão fabricados na Zona Franca de Manaus

Agora é oficial: foi confirmado o início da fabricação de tablets na Zona Franca de Manaus. O anúncio foi feito pela Superintendência da Zona Franca de Manaus, a Suframa. O projeto terá início em no máximo três anos e ele abrange tanto a confecção de tablets como a de notebooks na região do Polo Industrial de Manaus.

A aprovação abrange 16 projetos referentes à implantação de indústrias e mais 19 de ampliação daquelas já existentes no local. Entre as indústrias que demonstraram o seu interesse na participação, a primeira foi a Procomp da Amazônia, que almeja investir US$ 8 milhões no novo ramo e há uma previsão de que com o inicio da produção, 37 empregos sejam gerados.

A Evadin, terceirizada da chinesa ZTE, também se interessou pela produção de tablets, mas ainda não revelou investimentos ou novos postos a serem abertos na companhia. A Philco também entrará no projeto, investindo a quantia de US$ 64 milhões e abrindo mais de 50 novas vagas para funcionários.

Ao todo, avalia-se um investimento total de US$ 368 milhões na região e a abertura de 1041 novos empregos. As empresas terão que manter o prazo de três anos previsto inicialmente para o início da produção.

Cupons de desconto TecMundo: