Sem fazer muito barulho, a Sony apresentou ontem (25) a nova versão de seu tablet Digital Paper. O DPT-RP1 chega para substituir o DPS1 e consegue ampliar os bons recursos presentes no modelo antigo, que é uma espécie de Kindle com suporte para escrita, com tela construída em E-Ink.

Apresentado pela Sony como “a ferramenta de escrita e leitura do século 21”, o novo Digital Paper promete uma escrita natural graças à combinação entre caneta stylus e painel otimizado. Um dos aspectos mais positivos do novo dispositivo é o retoque dado pela fabricante na camada sensível ao toque da tela, garantindo mais precisão e aprimorando o tempo de resposta.

Exibindo 16 níveis diferentes de cinza, a tela tem ainda 13,3 polegadas, resolução de 2200x1650 pixels e oferece espaço de sobra para leitura e escrita. O gadget teve o seu chassi remodelado, traz bordas mais suaves, com 5,9 milímetros de espessura, e pesa somente 349 gramas.

Novo Digital Paper foi lançado nesta quinta-feira (25) pela Sony

Bonito e eficiente

Com suporte para conexões WiFi, Bluetooth e USB, o novo Digital Paper mantém a mesma eficiência energética de seu antecessor. Isso significa que uma carga completa, realizada em aproximadamente 3 horas, dura cerca de duas semanas.

O dispositivo já está à venda no site da Sony e cada unidade sai por US$ 699,99, em torno de R$ 2,3 mil. O kit básico inclui o tablet, um cabo USB e também uma caneta stylus. Não há informação sobre quando (e nem se) o Digital Paper será vendido no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: