Paris é uma referência na Europa, com sua arquitetura espetacular e cultura rica. Até mesmo jogos como Assassin’s Creed tomaram a cidade como inspiração de enredo, por tamanha beleza. Mas estamos em novos tempos, com novas ideias, que, sejam elas viáveis ou não, são interessantes de se conhecer.

Cidades verdes e ecologicamente sustentáveis estão em pauta há um bom tempo, e uma hora ou outra vemos alguns projetos ambiciosos de projeções arquitetônicas para o futuro. O arquiteto Vincent Callebaut imaginou uma capital francesa em 2050 toda coberta de vegetação e autossustentável em moldes futurísticos. Confira na galeria abaixo toda a criatividade de Callebaut:

Isso é Paris?

O projeto todo é audacioso, transformando Paris em uma cidade mágica ou extremamente futurista. A verdade é que a metrópole ficou irreconhecível na versão imaginada pelo arquiteto, perdendo sua característica de “museu vivo”. Contudo, os gostos e padrões de beleza são discutíveis, diferente da sustentabilidade que o projeto oferece.

A Paris de 2050 de Vincent Callebaut traria consigo todos os benefícios de uma cidade verde, como reaproveitamento da água das chuvas, controle de temperatura natural, produção de energia solar, edifícios capazes de gerar sua própria eletricidade com o movimento do rio, produção local de comida, parques suspensos etc.

Há uma infinidade de vantagens, além da preservação do meio ambiente e redução drástica da poluição. Atualmente, um projeto como esse é impossível em Paris por conta de leis que protegem edifícios históricos. Naturalmente, legislações podem se adaptar às novas ideias e necessidade humanas. Contudo, apesar de a possibilidade existir, 2050 parece uma estimativa um tanto otimista para algo tão drástico.

2050 sustentável: realidade ou otimismo?

Sustentabilidade não sairá dos holofotes do mundo, já que provavelmente nossas próprias necessidades nos obrigarão a adotar uma forma de vida mais verde. Há prós e contras, e não necessariamente cidades sustentáveis vão se parecer com a imaginação de Callebaut. Talvez seja possível conciliar a beleza única de Paris com os conceitos verdes sem tirar a identidade da cidade.

E você, está no time dos otimistas, que querem viver em cidades assim dentro de algumas décadas, ou do lado dos céticos, que não esperam ver em nosso ciclo de vida projetos como esse saírem do papel?

Cupons de desconto TecMundo: