A Microsoft resolveu investir em um novo mercado para seus tablets Surface que, apesar de nunca terem virado uma febre como o iPad da Apple, têm se mostrado ótimas máquinas tanto para trabalho quanto para entretenimento.

Batizada de Surface Hub, a nova linha expande os conceitos da Mesa Microsoft Surface e se foca nas salas de reunião e nos ambientes corporativos para trazer diversas funcionalidades voltadas para esse meio. Para tanto, o dispositivo estará disponível em dois tamanhos de tela e já virá com o Windows 10 instalado, personalizado para uso em reuniões e conferências.

A versão com 55” conta com um processador Intel i5 de quarta geração, display HD (1080p), placa de vídeo Intel HD 4600 e pesa 105 libras (aprox. 47,6 kg). O Surface Hub de 84” vem com um Intel i7 de quarta geração, resolução Ultra HD (3840x2160) com taxa de atualização de 120Hz, placa NVIDIA Quadro K2200 640 Cuda e pesa 280 libras (aprox. 127 kg).

Os dois modelos possuem:

  • Wi-Fi 802.11ac;
  • Bluetooth 4.0 Low Energy (LE);
  • NFC;
  • gigabit Ethernet;
  • MiraCast;
  • Duas câmeras com resolução de 1080p e 30fps;
  • Quatro portas USB (duas USB 2.0 e duas USB 3.0);
  • 8GB de memória RAM;
  • HD SSD de 128GB.

Nas duas versões, diversas pessoas poderão interagir com o dispositivo ao mesmo tempo, uma vez que ele é capaz de detectar até 100 pontos diferentes de toque simultaneamente. Duas canetas digitais acompanham cada aparelho e são fixadas magneticamente a ele. Assim que uma delas é retirada de seu lugar, o Surface Hub abre automaticamente o OneNote.

Outro ponto interessante é o fato de qualquer coisa produzida na tela de um desses tablets gigantes poder ser transferida para os smartphones e tablets Android dos funcionários da empresa via NFC. O inverso também é possível através do uso do MiraCast, e quem estiver acompanhando a reunião via teleconferência será capaz de ver praticamente toda a sala, através das duas câmeras de ângulo amplo integradas.

Ao final do encontro, basta que quem estiver liderando a apresentação  clique no botão “I’m done” (“Já acabei”, em tradução livre) e cópias de todas as anotações são transferidas para os smartphones e tablets dos participantes conectados ao Surface Hub. Isso também limpa a tela do aparelho, que já fica pronto para a próxima reunião.

Pré-venda e entrega

A Microsoft deve colocar o Surface Hub no mercado no começo do mês de setembro, mas a pré-venda para quem se interessou pelo dispositivo terá início já no dia primeiro de julho de 2015.

A empresa prometeu comercializar o tablet gigante nos mesmos canais de venda de sua versão menor, então é provável que ele chegue a 23 outros países além dos Estados Unidos. O Brasil não é um deles, infelizmente. A companhia não informou se os aparelhos estarão disponíveis também em suas lojas físicas.

O modelo de 55” custará US$ 6.999 (aprox. R$ 21.848) enquanto o de 84” virá por US$ 19.999 (aprox. R$ 62.429).

Cupons de desconto TecMundo: